Ricardinho já estava cansado de ser chamado de boiola na vizinhança. Por isso resolveu arrumar uma namorada, noivou casou pra ver se paravam de encher o saco. Na lua-de-mel, a noiva, uma ruiva maravilhosa, fica impaciente pelo grande momento. Deita na cama, abraça, beija, faz de tudo e o moço nada. Só ficava na janela, olhando pro céu estrelado. Ela continua insistindo e… nadica de nada! Daí, a dona perde a paciência:
– Qualé, Ricardinho? Vais ficar aí sentado na janela olhando pro alto, é?
E o Ricardinho:
– É que minha mãe falou que essa seria “A noite mais maravilhosa da minha vida“. E você acha que ia perder alguma coisa?