Ricardinho já estava cansado de ser chamado de boiola na vizinhança. Por isso resolveu arrumar uma namorada, noivou casou pra ver se paravam de encher o saco. Na lua-de-mel, a noiva, uma ruiva maravilhosa, fica impaciente pelo grande momento. Deita na cama, abraça, beija, faz de tudo e o moço nada. Só ficava na janela, olhando pro céu estrelado. Ela continua insistindo e… nadica de nada! Daí, a dona perde a paciência:
– Qualé, Ricardinho? Vais ficar aí sentado na janela olhando pro alto, é?
E o Ricardinho:
– É que minha mãe falou que essa seria “A noite mais maravilhosa da minha vida“. E você acha que ia perder alguma coisa?


Uma família feliz está à mesa de jantar quando o filho faz uma pergunta “nada a ver”:
Papai, quantos tipos de seios existem?
– Bem, filho, existem três tipos de seios. Aos 20 anos a mulher tem seios como melões: firmes e redondos. Aos 30 e aos 40 eles são como peras, ainda belos, porém um pouco caídos… Aos 50 os seios ficam como cebolas: quando você olha para eles, fica com vontade de chorar.
Depois dessa resposta, a filha é quem pergunta para a mãe:
Mãe, quantos tipos de pênis existem?
A mãe olha pro marido e responde:
Filha, o homem passa por três fases: Aos 20 anos o pênis é como um pé de Jacarandá, respeitável e firme. Dos 30 aos 40 o pênis é como um pé de Chorão, flexível mas confiável. Após os 50 o pênis fica como uma árvore de Natal.
– Como assim?
– Morto da raiz até a ponta e as bolas ficam penduradas como decoração!


O filho vai até o bar chamar o pai:
Papai, a mãe mandou chamar, por­que você já está bêbado.
Como todo bebum, o pai não admite a bebedeira:
– Que bêbado, muleque? Olha lá na porta do bar, o cachorro entrando… Se eu estivesse bêbado, veria quatro olhos, hic. Estou vendo os dois olhos do bicho!
O menino responde:
Pai, o cachorro não tá entrando, tá saindo.


Uma loira está preocupada, pois acha que seu marido está tendo um caso.
Vai até uma loja de armas e compra um revólver.
No dia seguinte, ela volta para casa e encontra seu marido na cama, com uma ruiva espetacular.
Ela aponta a arma para a própria cabeça.
O marido pula da cama, implora e suplica para que ela não se mate!!
Aos berros, a loira responde:
– Cale a boca, cretino ..Você é o próximo!


O João vai a correr contar a mãe:
– Mama, mama, vi o papa a fazer coisas com a criada.
– Sim, e o que era?
– Bem, ele estava a beija-la e a tocar-lhe; depois foram para o gabinete do papa, ele sentou-a na secretaria, tirou-lhe a roupa e meteu-lhe o…
– Esta bem, meu filho. Este Domingo, quando estiver cá a família toda a jantar contas essa história para todos ouvirem.
Chega o Domingo a noite, toda a família está sentada disposta a jantar, e a mãe diz ao João para contar o que se tinha passado.
– O meu papa estava a beijar a criada e a tocar-lhe; depois foram para o gabinete do papa, ele sentou-a na secretaria, tirou-lhe a roupa e meteu-lhe o… o… Mama, como é que se chama aquilo que tu costumas chupar ao chofer?


O menino chega para mamãe:
-Mamãe, o papai está com diarreia?
-Não filho! Claro que não!
-Você pode confiar em mim, eu não vou mandá-lo para o hospício do coco…
-Filho seu pai não está com diarreia!
-Então está com caganeira?
-Vamos comer e depois conversamos sobre isso.
Após tomarem o café da manhã, o menino continuava com a persistência de que o seu pai estava com diarreia:
-Mamãe, agora me fale à verdade… o papai está com diarreia?
-Não filho! Seu pai não está com diarreia! Porque você acha isso?
-Porque ontem você entrou no banheiro.
-E o que isso tem a ver?
-É que o papai entrou em seguida.
-E… onde quer chegar?
-É que eu passei pela porta, ouvi a senhora dizendo: LA VEM VOCÊ COM ESSA BOSTA MOLE!!!!!