Ninguém é tão feio como na identidade, tão bonito como no Instagram, tão feliz como no Facebook, tão inteligente como no Twitter, tão ausente como no Skype, tão (des)ocupado como no WhatsApp, nem tão bom como no Curriculum Vitae.